terça-feira, 15 de março de 2016

Em tempo: Dia Nacional da Poesia - Homenagem


Ser Poeta


Ser Poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos os esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Florbela Espanca

Ser poeta para mim sempre foi muito mais do que se prender à técnicas (e falo isso como apreciadora, visto que não tenho lá muito talento para poetizar, poucas vezes arrisquei), deixemos estes detalhes aos críticos de plantão que em grande maioria, pouco conseguem absorver o poder de uma forte poesia. 
Ser poeta é ser livre de todos os grilhões que possam impedir de desnudar-se com furor e calma. 
Ser poeta é, enfim, trazer o lirismo na alma.


Eis a minha singela homenagem a todos os poetas e poetisas que trazem vida (ou não, afinal, há os poemas malditos e necessários) à blogosfera. Sem vocês, o mundo seria totalmente apático e sem vida.

Mi F. Colmán 

8 comentários:

  1. Singela porém, intensa homenagem!
    Acho que não há como não ser afetado por uma poesia que cala fundo, lá dentro.
    Assisti a um programa no Dia Nacional da Poesia que iniciou de maneira fantástica, trazendo a declaração feita por Toquinho dizendo que não há mais poetas, e no debate estavam pessoas que instigam poesia em gente comum, fazendo saraus, intervenções. E eles afirmaram o equívoco daquela declaração. Estamos sim rodeados de poetas; as redes sociais são outro exemplo. Com cuidado, tempo, disposição para ler, é possível encontrá-los sim.
    Bom, nós aqui da blogosfera bem sabemos nossos queridos poetas! Parabéns a eles.
    Beijo a você, estava com saudade!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela linda homenagem e pelo dia e ser poeta não necessita muito riquififi,rs...Basta ter e ver poesia , encontrá-la nos mais diferentes espaços! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Querida menina Mi, bela homenagem com Florbela Espanca, uma poeta que conhecia profundamente as mazelas do ser humano, as dores, uma autêntica poeta, mas de poeta, médico e louco, todo mundo tem um pouco rs...gosto de dizer que a poesia salvará o mundo, me iludo com isso. Viva os poetas. Viva a poesia.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
  4. Bela homenagem Mi, cheguei com um pouquinho de atraso, mas ainda em tempo de comemorar, tanto que até compartilhei no google + para levar delicadeza nestes tempos bicudos....rsrs

    A poesia é um estado de alma e por isso que valorizo tanto quem consegue colocar em versos todos os sentimentos, as angústias e também a felicidade.
    Aliás, você fez uma linda homenagem em palavras após a poesia de Florbela, que é magnífica por sinal!
    Me arriscaria a dizer que também tem alma poética gritando dentro de você...

    Muitos beijos amiga e que tudo fique bem! :)))

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, querida Mi!
    Que linda sua homenagem a quem se dedica a amenizar os sofrimentos do mundo dando esperança de dias melhroes e trabalhando sentimentos com tanta ternura...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  6. Mi!!! por onde anda você? Por que sumiu?

    Adoro Florbela, expressa emoções em imagens fortes e verdadeiras.
    Você diz muito bem:"Ser poeta é ser livre de todos os grilhões que possam impedir de desnudar-se com furor e calma."

    Saudades, amiga, que coisa... Volte para o blog, que desperdício rss.
    bj.

    ResponderExcluir
  7. Uma bela homenagem Mi, este seres iluminados que nos reviram e nos fazem viajar por suas inspirações, merecem mesmo uma homenagem e Florbela é uma referencia.
    Bjs
    Sumido um pouco mas nunca esquecido não é clichê

    ResponderExcluir
  8. Olá, Mi.
    Há um poeta naquele que, sem ser poeta das palavras, o é na maneira de enxergar o mundo e de fazer a vida ter alma.
    Poeta é aquele que pára na rua para apreciar a pequena flor silvestre nascida por teimosia numa brecha do asfalto.
    Poeta é aquele que sabe ouvir o voo dos pássaros e seguir com o olhar a nuvem no céu.
    Ser poeta é o que cala, por não saber (tantas vezes!) o que dizer.

    ;)
    * tão linda, a Florbela.

    bj amg


    ResponderExcluir

"Não compartilho meus pensamentos achando que vou mudar a cabeça de pessoas que pensam diferente. Compartilho meus pensamentos para mostrar às pessoas que já pensam como eu que elas não estão sozinhas". Autor desconhecido

"Ser feliz é saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta". Augusto Cury

É muito bom saber que gostou da postagem e irá comentar.
A moderação de comentários está ativada e tratarei de responder apenas o necessário, se houver.
Se tiver um blog, deixe a url no final do comentário para que possa encontrá-lo.
Comentários tais como ofensas, discriminação, divulgação de sorteios, de blogs ou que não tenham a ver com o conteúdo da postagem não serão publicados. Grata.

Mi F. Colmán

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"Enquanto eu estiver por aqui e me for possível, escrever continuará sendo a medicação mais forte e a terapia mais eficaz para a minha sobrevivência". Mi F. Colmán

Quem ri por último, Rivotril

Quem ri por último, Rivotril
Mais um Rivotril. O restinho dos ratos gritando somem. O restinho das pombas macabras somem. O restinho dos corvos somem. Todos para longe. Lá vai a mulher que assusta. Tati Bernardi.