01/03/2015

Layout Free para Blogger - Uma novela (mexicana)














A pessoa resolve mudar de casa, começa uma pequena reforma e já recebe os visitantes, embora a casa não esteja ainda como desejaria que estivesse.
Tem consciência que precisa de uma reforma, porém, sabendo-se nômade por excelência, pensar em investir em materiais de construção caros e que é o básico que quase todos têm, não tem o menor cabimento e precisa agir por conta própria com o que possui.
Assim foi com o layout do Rivotril com Coca-Cola.
Não sou de falsa modéstia e afirmo que adorei o cabeçalho bagunçado e paradoxo que criei (não trocaria por nada e este foi um dos meus grandes "problemas"), assim como a primeira postagem, no domingo passado.
No entanto, como sou detalhista, havia coisas que não estavam do meu agrado. Uma das principais era a fonte. Quando comecei a receber os primeiros comentários (by the way, muito legais e que me deixaram imensamente feliz, obrigada!) fiquei decepcionada com aquela fonte em miniatura.
Como (ainda esse ano!) pretendo fazer um curso de programação, entendo pouco de linguagem xtml, entretanto, como sou autodidata, do mesmo jeito resolvi me arriscar e pelo menos o básico fui tentando compreender. Tentava mudar e ficava terrível, isso quando mudava alguma coisa.
Decidi então, recorrer aos layouts free...
Caros leitores, no decorrer desta semana à procura dos layouts free só uma frase me vinha à mente: "O que é que essas pessoas têm na cabeça?"
É... Tipo... Não dá para fazer um layout "normal"? Precisa ter um tema especifício que quando não é literário é fútil, mas GERAL precisa ter chamativos tons de cor-de-rosa? De onde as pessoas tiram a ideia de que toda blogueira vai querer aquelas coisas cor de rosinhas por todo o seu blog???
Lembro que quando criei o Coluna da Mi, apesar do layout não ter muito a ver com minha personalidade (tenho trauma de alaranjado, mas isso é história para um post inteiro), pelo menos não tinha nada rosado ofuscando as minhas vistas! Mas de sete meses para cá, percebo que a coisa tem piorado.
E a frase: "O que é que essas pessoas têm na cabeça?" foi complementada com um "para pagar por isso?" no momento que acidentalmente fui caindo nos layouts pagos.
É tudo o mais do mesmo! Florzinha, rosinha, borboletinha...
Sinceramente, acho que todas estas coisas cabem em alguns poucos blogs, mas tornar um padrão é a maior estupidez blogosférica.
E quanto aos caras? Ao pensar neles deu "vontade de chorar!" É sério. Fiquei penalizada. Os coitados só tem a opção Blogger mesmo para ir personalizando com cores de gente normal, caso não tiverem grana para bancar um ao seu estilo.
Mas voltando ao meu layout, nessa noite de sábado que resolvi pegar para valer e trabalhar em cima dele. Em cima literalmente do layout de uma menina cuja atribuição está aí abaixo, acreditem, este layout era mais que meigo! rs.
Era um layout bem "menininha", mas o que eu gostei é que o máximo do perto do maldito cor-de-rosa é esse pink forte aqui nos títulos dos gadgets. No demais, fui transformando toda a "meiguice" no que aqui está.
Agora que resolvi em duas horas o que senti a necessidade de resolver a semana inteira, posso respirar aliviada e dar atenção ao meu e, óbvio, aos vossos blogs.
Deixa eu aprender a trabalhar nisso aqui que farei coisas bem interessantes para blogueiras como eu, que sei, existem.
Porque foi uma novela... E das mexicanas!

Mi F. Colmán

Nota: Muito em breve TODOS os comentários serão respondidos, as visitas retribuídas e os blogs dos seguidores estarão entre os recomendados aí na lateral. É que sou desse jeito, enquanto não consigo as coisas como quero, não sossego e acabo não focando em outros detalhes do negócio. Na blogosfera não é diferente.


I´m bleeding, quietly living I´m living, quietly bleeding - Dominik
 renata massa